segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Chamemos-lhe, as voltas do Pinto Infante

Meti as mãos no meu baú para apalpar um magote de trilhos que por aqui tenho, e na companhia de alguns amantes desta maluqueira os levar a conhecer trilhos que para uns eram novos, e para outros irão servir de futuro sabe-se lá para quê; Talvez o costume. Apareçam mais vezes, e pode ser que novos trilhos esbarrem connosco.
Era dia 27 de Dezembro de 2009; Tudo certo para um passeio à moda antiga; Guia na frente(para continuar, este ano para variar fui eu, eh eh).
Convidados, os mesmos de há 3 anos para cá; 55 o limite imposto pelo meu amigo Victor do restaurante "Tá-Se-Bem". Conforto e qualidade.
Os grandes culpados deste evento se realizar de há 3 anos para cá, foram os meus ex comparsas Alentejanos, que em 2007 diziam que não conheciam a minha zona. Assim, e em género de brincadeira, convidei - os e, na companhia de 18 mangericos disfrutámos então do "esplendor da Marateca"este em 2007.
..."Infante, a repetir para o ano"ok...
Claro.
2008, que esquecimento tive neste ano da foto do grupo.
28 de Dezembro",o regresso.
2009, como vou intitular esta confraternização?!
"gente séria é outra coisa"?!
"os meus amigos"?!
Não. Simplesmente:
"As voltas do Pinto Infante"

Este ano, 38 dos 55 responderam:
"Pinto conta comigo"seriedade acima de tudo. É disto é que gosto.
A foto de família de 2009, na tapada do simpático Português; O Srº Israel, local este por mim escolhido para abafarmos a tal giropiga, e também este Sr.º nos brindou com umas passinhas de figo. Que bem souberam.
Pois....sabes nadar Zé???!!!
É que dentro do baú, também surgem surpresas. Sempre com a alegria que o caracteriza, o Zé Luís(o regressado), fazendo das suas...
Há uma semana atrás, tinha feito este trilho e nem água passava nestas ribeiras, Uma semana depois.....XxxxiiiiNeste ano, até o São Pedro quis a todo o custo fazer - nos companhia, contrariando todos os seus costumes. Sol e muito sol. Excepção seja feita no arranque, em que o friozito lá estava. Também é tempo dele não é!?
Talvez estes trilhos do meu baú, sirvam para quiçá, nos encontrarmos por lá um dia destes, ou ainda, fazê-los novamente sem o terreno estar tão pesado!!!Ou ainda ao contrário...sei lá..
A cascata do BTT da Feira do Feijão. Com uma imagem destas de rara beleza. Sempre ponto de paragem para registo fotográfico. Deveras linda.

Havia muito mais para mostrar, mas o almoço estava à nossa espera.
Meus amigos, juntar, convidar gente, um pouco de toda a Beira Baixa e não só(este ano com outros compromissos, Alentejanos, Raianos e Escaleiros não puderam estar presentes)que a partir do momento, que aceitam o meu convite, sem pagamentos prévios, dorsais,abastecimentos, tempos ou coisa que o valhe, e partilhar com eles trilhos que desfruto nas minhas folgas ou tempos de lazer, para mim é um prazer. No fim, bem no fim é paparmos um belo almocito, lavar roupa suja e lavada, blá blá blá, no final receber/dar aquele abraço de:
.."rapaziada, desejo-vos um bom ano"...
"É isto que me trás por cá..
Vê o filme:
video
É que isto de andar na cabeça do pelotão(é preciso haver passeios destes para lá andar, eh eh) ,
não consigo escrever bem aquilo que se passou deixando essa missão para os meus colegas bloguistas...
Bem hajam rapaziada por terem almoçado comigo, desfrutando de trilhos muitos para vós desconhecidos, mas de certeza os irão conhecer brevemente ao pormenor...
Bom ano de 2010, sem travões...
..."se queres ser respeitado, tens que ter a capacidade de te respeitares a ti em primeiro lugar, e depois estarás preparado para respeitares os outros"...
Disse...
bem hajam meus amigos pela seriedade...
Será que vos posso convidar já para 26 de Dezembro de 2010????
Pinto, o Infante

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Esqueci esta

Vamos ser obrigados a cuidados redobrados...
Quando passarmos enchemos os peitos de ar

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

...então foi assim...

Apanhei finalmente este fim de semana, um dia digno para dar uma excelente volta de BTT. E que dia escolhi. Para acabar o passeio do fim de semana que aí vem. O último por sinal deste ano 2009.
A ansiedade era grande, visto que, nos últimos tempos quando vou para andar, pimba chuva em cima.
Eram 8 e tal quando me opus a sair de casa rumo à Santa Águeda, esquerda, direita e, na companhia da minha montada lá fomos desbravando trilhos do baú, que se vão abrir para "tú".
Ora para aqui, ora para ali e o tempinho a ficar mesmo da feição para a prática da modalidade. Pois então.
Soalheira, e nos calcanhares desta terra, algo inédito vislumbro ao longe....
Assustado fiquei!!! O que seria!? Um crocodilo?! Um Jacaré?!
Não, uma raposa. Verdade. Desta vez uma matreira raposa, que desta vez teria sido surpreendida por algo mais forte que a sua matreirice.
Uma simples vedação, pregou uma finta mortífera a este animal, que provavelmente em busca de alimento numa quinta onde iremos passar no Domingo, por ali ficou. Conversa puxa conversa com o dono desta quinta, confidenciou - me que não era a 1ª vez que isto acontecia. Deveras, assustei -me com isto!!!
Visita ao meu amigo Israel, dono da fronteira, local aprazível onde em tempos passou o passeio da Feira do Feijão em BTT, e lá para os lados da Orca novos eventos descobri. Estes se Deus quiser Domingo toda a gente os vai ver.Pronto, mais não conto.
Bom Natal, na companhia da Família, são os votos sinceros de
Pinto Infante

sábado, 19 de dezembro de 2009

...e se o São Pedro nos der um dia assim...

Oh Oh Oh...
Boas festas, antes demais.
A coisa do véu não se pode levantar muito, mas é só para vos comunicar que se São Pedro nos ajudar com um dia igual ao de Hoje(19 de Dezembro), iremos apanhar o terreno em pleno, com muito pouca lama.
A escolha que estou a fazer dos trilhos está a recair por causa da lama e água, em terrenos mais elevados(mas prometo sem subidas).
Não se preocupem com os passaportes, pois as fronteiras estão abertas e a guarda armada(seus donos) estão de bem connosco. Sim, digo isto porque este ano este jovem que se encontra a meu lado é o dono da fronteira entre Atalaia e a barragem algures, que não vou agora divulgar o nome.
Este jovem tem o nome de Israel, simpáticamente aos 18Kms+- iremos degustar do sempre secreto abastecimento como vocês sabem, desta vez é nos seus aposentos.
É verdade, o Sr.º Israel ao saber da invasão de malucos como eu mostrou - se logo receptivo em nos receber. Vou - vos mostrar mais algumas fotos brevemente do itinerário. Estejam atentos.
Tira as mãos do travão.
Pinto Infante

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

...aquele conto de solideriedade...

Boas festas a todos; Assim mesmo venho solicitar aos leitores desta notícia para darem um saltinho ao seguinte blog:
http://www.aldeiadaminhavida.blogspot.com
Se quiserem podem comentar, porque é através de comentários neste blog, que se comparticipa na solideriedade desta causa.
Toca a comentar SFF.
Nos entretantos e no mundo da bicicleta, vou ultimar este fim de semana trilhos, paragens, pausas e ligações para 27.

Estes forma os bravos do pelotão, no "esplendor da marateca" 2007.Apesar de 2008 contar com um tempo crítico a coisa fez - se na mesma, mas sem a habitual foto de grupo, que este ano não podemos esquecer; Sempre agradável recordar.Vamos ver o que nos aguarda em 2009
Sem travões

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Querido Pai Natal

Sábado passado dia 5 de Dezembro, combinei com o Nelson uma incursão pelo meu baú, para partilhar com ele aquilo que irá ser o último do ano, ou 1º de 2010(isto tá dificil de arranjar a data) ou 27 de Dezembro ou ainda 3 de Janeiro de 2010.
A saída, ainda a chegámos a fazer, mas depois de decorridos 15 Kms, aborrecidos e desgostosos fomos obrigados a regressar à base pois a chuva fazia os seus estragos, pelo menos em mim.
Deixei - me apanhar da gripe de uma maneira terrível em que já há uns anos não me lembro de me carregar uma assim(será da idade?!)
Assim, e como estamos na época que estamos, Natalícia que pessoalmente me trás alguma tristeza, lembrei - me fazer um pedido a nível ciclístico ao Pai Natal para o ano de 2010, daí o tamanho do pedido ser XXXXLLLL.
...vamos pôr o sapatinho lá na chaminé...

Já agora gostaria de dar a conhecer um blog que abafa a solidariedade e que simpaticamente me fez o convite de participar na "Blogagem de Dezembro"
http://www.aldeiadaminhavida.blogspot.com/
Dêem um saltinho até lá.
Este Domingo 13 espero estar à altura de fazer todas as ligações em falta para a "confraternização do bacalhau" ou "a invasão dos Alentejanos" ou "no esplendor da Marateca". Enfim, chamem - lhe o que quiserem mas o que eu queria era não perder este evento do qual iremos para a 3ª edição, onde junto um bom grupo de amigos efazendo jus a esta quadra, "papamos" um almocito sempre muito bem servido pelo café bem conhecido da rapaziada.
..."não faça da sua vida um rascunho, pois você pode não ter tempo de passa - la a limpo"...
(A.Rossato), disse...
Mais uma vez, Bom Natal...
Pinto, o Infante

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

...o convite que veio dos nenhures...

...vou chamar-lhe Helena Teixeira, uma passageira do meu cantinho que há bem pouco atrás(18 de Novembro 2009), passou por aqui e me convidou a apresentar um conto de Natal. E assim muito me honrou em escrevê-lo, e que agora aqui vou divulgar, porque foi mesmo a concurso; Só Deus sabe o que isto dará. Então lá vai:
O meu imaginário.
..."o Natal na minha Aldeia"...
Era Inverno, a aldeia estava coberta de neve. Em quase todas as casas, uma lareira estava acesa.
As pessoas que viviam na aldeia não eram muito ricas, pois as crianças não tinham brinquedos e nem jogos para brincar.
Um homem, um pouco já de idade, de barbas brancas e barrigudo, que andava a passear pela aldeia, viu crianças tristes e descontentes por não terem brinquedos para brincar. Esse Senhor chegou à sua humilde casa e disse para a mulher:
- Sabes tenho pena das crinças da nossa aldeia!
- Porquê? - Perguntou a mulher.
- Porque não têm os brinquedos que gostavam para brincar, nem jogos para jogar.
- Então, temos de fazer alguma coisa! - Exclamou a mulher.
- Tens razão! - Disse o marido.
O casal pensou, pensou, mas nenhum dos dois chegou a uma conclusão, até que o marido disse:
- Tenho uma ideia!
- que ideia é essa?! - Perguntou a esposa, admirada.
- com o que posso, vou fazer brinquedos para os meninos e meninas.
- É uma óptima ideia!
O homem foi buscar madeira, barro, plástico e outras coisas que podia arranjar.
Com a ajuda da sua mulher, começou a fazer brinquedos e jogos simples. Foi nessa altura que a mulher teve uma ideia:
- Eu acho que podias ir vestido com alguma fantasia!
- Tens razão, já tenho uma na minha cabeça.
- Vou vestido de vermelho, e como estamos no Natal, podia ir de pai Natal...de Pai...Natal!!!Exclamou com orgulho!
- É uma óptima sugestão!
- É isso que eu vou fazer! Na noite de Natal levo um saco enorme e, pelas chaminés, deito os brinquedos.
- És maravilhoso, estou orgulhosa de ti, meu marido!
E foi assim, o combinado.
Na noite de Natal, algo aconteceu!
Seis veados estavam à porta da humilde casa do casal e, aí, o senhor teve outra ideia:
- Com um trenó velho, feito de madeira, eu posso prender os veados pelas correias do trenó e eles podem transportar - me.
- Só tu tens ideias maravilhosas! Exclamou a mulher.
O casal fez o que o homem tinha dito e ficou tudo uma maravilha.
Nessa noite de Natal, o senhor de idade e um pouco pançudo, de barbas brancas, foi umóptimo Pai Natal.
No dia seguinte, dia de Natal, todas as crianças estavam muito contentes com os seus maravilhosos brinquedos.
O casal feliz, passeando pela aldeia, olhando para as crianças, a mulher disse:
- És fantástico, tens de fazer isto, noutros anos.
...............................................................................................
Pena tenho é que, nós seres humanos só nos recordamos que é NATAL nesta altura do ano, esquecendo por vezes aquilo que nos vai na alma os outros dias do ano....
Sem travões, mas desejando a todos um NATAL com saúde, alegria e amizade, quer aos leitores do meu cantinho, quer a toda gente....
Pinto, o Infante

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Vai lá vai; até a barraca abana!!!!...

ÓÓhh meus amigos, antes de mais, Boas Festas cheias de Saúde.
Depois, não sei se partilham da mesma opinião que eu, mas que isto está um frio do catano está!!!
Sábado bem tentei, chuva com fartura; Domingo era tanto frio que nem de casa saí; 2ª Feira e com férias à mistura fui mais teimoso, mas.....
Saí da Lardosa, retardando um pouco mais a hora para ver se ficava mais quente, mas tentativa gorada.
Tinha pensado ir até ao Ladoeiro, mas no caminho de São-Miguel-de-Acha, cedo percebi que era melhor fazer a volta mais curta, pois o vento além de abanar por completo a minha burra, ainda fazia cortar a pele da cara, possa.
Decidi então optar pela "saloia" ao contrário, chegando a Castelo Branco apanhando um dos maiores cagaços de sempre em cima da bicicleta; Houve um parvo, e digo PARVO, para não lhe chamar outra coisa, que vindo um carro de frente, o parvalhão ou fez que não me viu, ou é costume não ter consideração nenhuma por quem anda na bike; Foi de tal maneira, que o carro da frente que cruzou connosco até buzinou!!Ele anda aí cada animal!!!!
Susto passado e recomposto depois dum cafézinho em Castelo Branco, rumei até Alcains, e aqui na estrada que faz ligação, até andava para trás...Eu a pensar que o vento vinha de costas, bem me enganei. Tanto vento...
Ah rico ar de serra!!! Irra...
Curiosidade... Acreditem, é um cogumelo na árvore!!!Lindo...
Pronto,lá fiz o gosto à coisa, mas com um tempo destes, só apetece mesmo é lume, chouriça assada, castanhas, xiropiga entre outras coisas.
Aqueles 54 Kms, desta vez bem frios....
Não, não. Não é o que estão a pensar.
Eu não vendo nada disto. É impressionante ver que até nos postes de sinalização que por aí existem, já começa a haver fotos e cartazes a divulgar quem se queira desfazer, vender ou sei lá.... Registei com desagrado esta foto, porque acho que quem o está a fazer se vai arrepender mais tarde.
Até porque agora há por aí já alguns passeios destas belezas. Próximo fim de semana, espelho disso, aqui bem ao lado(Escalos de Cima) dia 6 de Dezembro.
Até à próxima aventura, espero com a barraca bem mais calma, porque senão vou optar pela modalidade do lume, e afins....
Sem travões, Pinto, o Infante

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

...três pedaleiras...

É verdade; Esta 4ª Feira, em mais uma semana dedicada superiormente ao desporto, havia perguntado ao maestro da banda, se iria pedalar pela manhã. Confirmado.
Assim, e com três pedaleiras rolantes, e cada uma ao seu ritmo, lá me juntei a estes "doentes" pelo pedal na Pires Marques, local para mim agora conhecido para junção do pessoal.
A grande, a média, e a pequena...
Passo então às apresentações; Pedaleira veterana com 40(ou 50) e não sei quantos dentes - António Cabaço(cabelo branco, ainda tem, 2 pernas, 2 braços, 2 olhos, nariz, boca, ah e uma bicicleta, com 1,71cm de altura, o homem não, a bicicleta. Pedaleira 30/40 e tal dentes, careca, 2 olhos,2 braços, 2 pernas e bicicleta, mas com fobia de subidas e 1,73 de altura - Pinto Infante. Pedaleira esta de 30 e poucos dentes com cabelo, bicicleta, 1,68cm de altura, 2 olhos, boca, 2 pernas e sei mais o quê! O amigo Filipe. Grupo completo com 3 pedaleiras pronto para o que desse e viesse...
Foi, saímos de Castelo Branco com sugestão dada pelo Mestre; O café é na padaria "Canelas" na simpática Aldeia dos Amarelos. Pronto, pronto, eu pago os cafés, atrasei - me. Nesta foto tentei fazer contas ao dinheiro que tinha, mas acho que este material seria mais apropriado para desenhar o road - book do que para o pretendido.

Andar, circular, e o Cabaço sabendo que sou louco por singles espetou comigo em algo de soberbo. Ainda à bem pouco tempo noticiei aqui que lá para o lado da Benquerença havia coisas lindas, mas este rapaz hoje caprichou na escolha. Bem haja Cabaço pela formidável escolha deste passeio. Num nocturno com o Quelhas e companhia já tinha feito parte dele, mas como era de noite, o Quelhas alertou - me para a beleza destes lugares, esta 4ª Feira foi simplesmente BRUTAL.
Sempre com paisagens novas para mim, chegámos então à dita padaria. Capuchino/pão com chocolate acabado de fazer e café. Beleza.
Foi deveras muito bom conhecer este armazém, onde a simpática Srª nos soube acolher.
Arrancámos de regresso, e o Filipe sempre preocupado com a estética da sua montada. Porque seria?!
CÓCÓ, CÓCÓNITE!!! Sugeriu o Cabaço(Cuidado com estas doenças!!!) Que parvoeira!!!
O rapaz passou num sítio de "CÓCÓ" e apanhou CÓCÓNITE. Ficou com febre das subidas, beleza da bike e ninguém o aturava...A preocupação conforme as fotos o ilustram , era limpar o CÓCÓ da bike...
Brincadeira, só pode.
São estas coisas pequenas que fazem GRANDES os momentos que nos trazem em vida, pelo menos a mim.
Bem haja Filipe e Cabaço, por uma manhã de soberbos trilhos que não conhecia, que se Deus quiser vão ser agora repetidos por muitas vezes.
Até outra, com ou sem CÓCÓ...
Carrega aqui para ver filme:
Sem travões...
Pinto, o Infante

domingo, 22 de novembro de 2009

...alternativa, porque não!!!...

Hoje Domingo, tinha até dito a mim mesmo que não ia andar nem de BTT, nem de estrada. É que isto de pôr em pé cedo, tem lá que se lhe diga.
Ainda tentei, mas há qualquer coisa mais forte que nós que, segredando - me ao ouvido ralha, ralha e continua a ralhar nestes termos:
-"levanta-te lambão, toda a semana sentado na secretária, e mesmo assim, agora queres sorna???!!!...
"põe - te a andar"...
Não sabendo bem onde andava, acordei então por volta das 8 e tal, e diga - se a bom termo; Fiquei maravilhado com o dia que estava para a prática do pedal.
Tenho que ir castigar o corpo. A Corrente da BTT estava no gasóleo a lavar, e não me apetecia sujar as mãos; Decidi então agarrar na minha excelente alternativa e ir fazer a volta "saloia".
Lardosa/Alcains/Castelo Branco/Escalos de Baixo/Escalos de Cima e Lardosa. Uma relaxante que dá mais ou menos 54 Kms. Belo para quem não tinha vontade de andar. Pelo caminho revi ainda malta conhecida deste desporto.
Ao circular na estrada entre Castelo Branco e Escalos de Baixo, e tantas vezes já por ai circulei, bem ao ao jeito de "Nós por cá" , deparei me com esta placa.
Esta agora!!!
Afinal como ficamos!!!???
Quanto Kms são para um lado, e para o outro???
É para T.Monfortinho, ou é para Espanha???
Pensei eu na minha ignorância e relembrando outra personagem (Maitê Proença):
Já sei, são duas cidades Espanholas...eh eh eh
Se tivesse a companhia do meu amigo Zé, provavelmente nem tinha reparado em função da velocidade, mas como o rapaz está de baixa e a recuperar duma cirurgia, passei mais ao meu ritmo, ou seja devagar. Assim, só posso desejar-lhe as melhoras e anda para cá Zé que fazes falta. As melhoras.
Pinto Infante
Até 4ª sem travões, sei lá para onde...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

...uuufff, sobe e desce até partir...

Esta de hoje tenho que a começar assim:
..."Heróis do mar, nobre povo
Nação valente e imortal"...
Porra, estava a ver que não!!!
..."a bem ou a mal, somos nós que vamos lá estar"...estas foram as palavras do seleccionador deles.
Pois é, mas quem lá vai estar, somos NÓS, os PORTUGA.
Parabéns Portugal, e a partir de agora em diante, vamos a eles...
É que ganhar ou perder, é igual; A cara com que se fica é que é um problema...
Outra:
...Até que nem gosto muito de plágio de notícias, videos ou fotos, mas este não consigo resistir...
Começo hoje este meu post algo diferente; Este magnífico vídeo(legendado emPortuguês) que me enviaram e que espelha bem a capacidade Humana do esquecimento que engloba a NATUREZA, e quiçá seja uma realidade...
Ora vejam:


Pessoalmente e "conhecendo" Michael Jackson como nos habituou, vídeos e clips bem loucos, acho este, um estrondo...
Bem agora vamos falar de bike.
Com companhia previamente definida, e profunda conhecedora desta volta, tinha combinado fazer e relembrar os trilhos lá para os lados do Ocreza/Foz da Líria onde estas duas ribeiras morrem de amores uma pela outra, ao ponto de se juntarem; Daqui para a frente é mostrarem esta zona soberba, no que toca a paisagem.
Eis o meu amigo e colega de artes; O Afonso, companhia desta 4ª Feira; Que belo trilho escolheu para hoje.
Aqui o Pinto, o Infante, a olhar os trilhos que já fizera!! Em tempos, o da casa do "SPORTING" de Castelo Branco; Foi naquele dia um belo passeio que só treminou nos Amarelos onde um passeio Pedestre circulava por aquelas bandas, se bem me lembro.
Bela 4ª Feira, em que relembrei trilhos onde há alguns anos não circulava, mas sobe desce meus amigos....
No passeio do Sporting tinha - o feito no sentido oposto, mas esta 4ª decidimos fazê - lo ao contrário, o que nos dificultou ainda mais; Bem mais duro.
Bela companhia, num trilho que de bonito foi mesmo a paisagem com a chegada do Outubro tudo tem um ar diferente; Ponto alto foi relembrar e ver o "casamento" entre a Foz da Líria e o Ocreza.
Para a semana há mais...
Pinto Infante
...sem travões...
Já agora, parabéns Portugal.

domingo, 15 de novembro de 2009

...ir ou não ir, eis a questão???

Foi na 6ª Feira passada dia 13 que se juntaram um bom magote de companheiros para, sob a ordem e dedicação do Nelson degustarmos umas belas e saborosas ameijoas lá na sua oficina(entenda-se...adega!!!)
Combinámos então que quem aparecesse - se Domingo estava convidado pelo Roberto a dar um pulinho à N/Senhora do Valverde e comer umas castanhas assadas.
Neste Domingo um senão. O tempo que fazia!!!
Ir ou não ir ter com a malta a Alcains???

Decidi então ir, e sem me arrepender.
Bela volta, mas pela 2ª vez me esqueço de levar luvas. Irra...
Assim, e com os comandos na mão, o João vamos por aqui, acolá e coisa e tal estamos lá, mais ou menos pelas 11 da manhã. Belo.
A manhã até que parecia perfeita, e estava. Mas dos charcos estavam lá, e alguns eram inevitáveis. Aqui, e com a picardia de família, os irmãos Raposo, qual deles faria mais esforço para ultrapassar esta pisicina??!!!
O Raposo, o mais velho, esse até se deitou um pouco!!! Mestria, ou ratice???









Dirigimo-nos então à Santa Águeda, trilhos de São Vicente, estes sempre verdejantes, Sobral, Freixial, Juncal e coisa e tal...

Que manhã estava para andar de bike. Pessoalmente, ainda dei banho ao sapato 2, senão 3 vezes.UUUFFF serra acima, serra abaixo e N/Srª do Valverde à espera...
Tempo ainda de perder o rasto ao caminho que nos conduziria até ao Roberto.
Erro assumido.
..."Irmãos, aconchegai-vos"...
Que bem que soube este pitéu...
Roberto, por acaso estás por aí 4ª Feira?
Pergunto isto, porque vai haver pedal de Castelo Branco/Ocresa/Taberna Seca e depois, bem depois sei lá. Tenho é que vir para a Lardosa(se não chover claro)
3 coisas gostei desta Domingueira:
- a 1ª...
- a 2ª...
e a 3ª...
Boa volta, bem haja Roberto, 56 Kms percorridos em trilhos muito bonitos e pronto, até 4ª Feira, sem travões...
Pinto Infante
Esqueci, e ainda a 4ª coisa que gostei:
As fotos são de telemóvel...

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

...nos trilhos de Castelo Branco...

Era dia de São Martinho.
..."dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho"...
Pois é, mas vinho, esse só mesmo à tarde com umas castanhitas bem quentinhas oferecidas pelo serviço, e que bem souberam...
Nesta manhã, soberba para a prática de qualquer desporto, o BTT nosso favorito, arrancámos de Castelo Branco três "mosqueteiros"; O Afonso, o Sérgio e o Pinto, o Infante.
Ah bem ditas 4ªs Feiras estas.
Trilho combinado com colegas de profissão lá para os lados da serra das Olelas. Agora, e daqui para a frente vou "invadir" e conhecer melhor este lado da Beira, visto me encontrar em Castelo Branco a Trabalhar.
Assim, e tudo certo na véspera com estes colegas decidimos ir em busca da serra das Olelas, local de minha curiosidade, visto nos tempos de outrora frequentar ali bem perto a "adega da Represa". Quem não se lembra...E as febras pá???
O tempo. Esse, estava digno de a malta esquecer o trabalho e vamos embora todo o dia nisto, mas...Que belo dia para a prática da modalidade...Saída pelo Sul de Castelo Branco, direcção aos Maxiais, entrando de seguida nesta serra.Nunca aqui tinha vindo de bike, o que trouxe ainda maior prazer...Depois desta visita, a tal adega, em que se os Deuses falassem e me vissem alí de bike, talvez levasse uma rodada de maluco...
Alegria por um lado, tristeza por outro...tudo abandonado...enfim...
Apontem a passagem para a outra margem. Foi isso mesmo, atravessar a IP2 e A23 para o outro lado, onde se seguiam alguns majestosos trilhos e bredas que já tinha percorrido com a malta de Castelo Branco. Poucos Kms mais à frente e aqui já à descoberta de novos trilhos veio então uma terra chamada Benquerença(linda), mais à frente uma Aldeia deserta que não consegui ver o nome, onde de seguida deparamo-nos com uns singles, e que singles...aquela minha paixão...
Grande leque de becos e bem bonitos existem por alí.
Um senão, sobe e desce, sobe e desce, uuff
Castelo Branco à vista e, há mesmo muitos anos que não passava na barragem da Talagueira. Deveras bela volta, onde um pouco orientados pelo Afonso e Sérgio, outrora à descoberta, realizamos uma volta digna de invasão, pelos trilhos destas bandas.Chegada então a Castelo Branco pela nova zona de laser das piscinas, onde um grande aparato se passava por lá!!!
O que seria???!!!
Imagine-se; Domingo 8 de Novembro, saída do Estoril, passagem pela Lousã, Castelo Branco e direcção ao Baleal/Peniche, chegando estes aqui dia15 deste mês, perfazendo um total de 900 Kms, segundo a Organização.
Valia tudo:
Bicicleta, patins em linha, triciclos e até a pé..."anda aí cada um...isto a nível internacional.E pronto, foi uma 4ª Feira de 40 e poucos Kms, onde consegui andar cerca de 1 Km em terreno conhecido. Belo...4ª Feira há mais.
Já agora amigo Fidalgo as melhoras para o teu filhote.
Pinto Infante
...sem travões...