segunda-feira, 6 de abril de 2015

...no harém dos lagartos...

Tudo combinado, tudo tratado, tudo conversado.
Nesta quarta feira Santa, foi dia de executar uma volta à antiga, e homenagem seja feita, aos meus amigos Alentejanos.
Já lá vão alguns aninhos, que o meu amigo Matroca que confessou:
..." quando puderes e te apetecer, pega na mochila, mete farnel e diverte-te por aí"...
Foi exactamente o que fiz, com a diferença de partilhar o baú com um amigalhaço de infância, o Filipe da Póvoa de Rio de Moinhos, e o novato Jorge amante destas andanças, que em dois anos já participou em eventos com a minha assinatura, e no dia de hoje, revelou-se um verdadeiro companheiro de luta, nesta modalidade.
O desafio, à muito o Filipe o tinha lançado para a mesa. Mas como é difícil conciliar a profissão de cada um, conseguimos juntar o dia das mentiras.
Mentira, não foi com certeza esta magnífica companhia, e dia de btt.
Então foi assim:
A concentração em virtude das temperaturas recentes, estava marcada para as 8 da manhã, na Lardosa. O Filipe sugeriu uma passeata calma, que incluísse o dia até às 4 da tarde, e a quilometragem por aí uns 60 ou mesmo 70 kms dependente das subidas.
Como sabia que o Jorge e Filipe não tinham participado no primeiro btt orientado por GPS, "ROTA DOS LAGARTOS", decidi vasculhar o baú, e apareceram naturalmente os melhores trilhos, nas faldas da Gardunha.
Após o saboroso café matinal na Lardosa, através do Vale da Torre dávamos início a e ste magnífico dia.
O Filipe, em dia das mentiras começou com um furo na roda de tráz, que o obrigou logo a substituir câmara.
Sem pressas, mudou-se câmara à "pasteleira", roda 29 entenda-se, e Zebras. Aqui a ascensão ao monte começou, indo a lugarejos do último do ano. Sugeri uma visita a Israel.
Risada, lá expliquei a ida a Israel, e com alegria e boa disposição, o Sr.º Israel lá estava como sempre de saúde e boa disposição para nos receber, com a sua saborosa jeropiga.
Despedidas com boca doce, sempre um prazer ver este Sr.º que considero, aproximava-se o harém dos lagartos. É uma zona em minha opinião ímpar, que me perco circular por ali. Lagartos desta vez ainda nenhum, mas...
Ora como não há uma sem duas, e em dia de mentiras, toma lá Filipe acredites ou não, tens furo outra va vez na tua  "pasteleira"
Aproveitando este facto do furo, o peso das sandochas tinham que ser aliviadas das costas, e com as coordenadas andavam perto do Louriçal, porque não acompanhadas por uma bebida refrescante?!
Uma longa conversa,  brincadeiras com uns garotos que por ali se encontravam, vamos pedalar.
O trilho agarrado ao báu, ganhava a partir de agora uma maior velocidade.
Embora nesta altura do ano os reflexos da água sejam de pouca dura, as ribeiras e barrocas ainda dão um ar de sua graça.
O circuito a caminho do espelho de água, barragem de Sta Águeda/Marateca,  motivo sempre enriquecedor de qualquer volta ou passeio, fazia com que a alegria de pedalar fosse ainda maior. Pedalar serpenteando este lago, é bonito e agradável. São paisagens soberbas, mais nesta altura do ano, em que tudo  parece estar a nascer.
Tempo restante Filipe e Jorge?!
Tempo ainda para ir até à terra Natal do Filipe, para aí sim, contemplarmos a gula com um sumo de cevada.
Muito bom.
Da Póvoa à Lardosa, foi rápido.
Lardosa, sob umas bredas de registo, e com cerca de 70 kms terminámos este dia recheado de momentos que há muito não passava nem sentia.
Vê filme com minhas  fotos e do Jorge.

Ao Jorge e Filipe, agradeço estes momentos, porque é daqueles desportos que nos fazem andar por aí bem dispostos.
Bem haja.
Quando o próximo?!
Boa Páscoa a ti, e à tua família.
Aquele de sempre...
Pinto, o Infante

2 comentários:

Jorge Lagarto disse...

Grande Amigo...foi um PRAZER pedalar contigo durante o dia todo num dia que era suposto ser das mentiras, mas que de mentira não teve nada... o que prometeste, cumpriste!

Tive o privilegio de conhecer um pouco mais os belos trilhos até ao sopé da Gardunha que nos deixam sempre com vontade de lá voltar.

E por falar nisso, quando é a próxima?

Abraco e se não for antes, temos encontro marcado no GPS da Rota dos Lagartos em 17/05.

Pinto Infante disse...

Boas Jorge
Eu é que agradeço a excelente companhia, mais com gente que gosta destas aventuras de mochila às costas...
rota dos lagartos 2015 aí está, e cá te espero.
Abraço
Pinto Infante