segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A face oculta da "Sintra" da Beira(Alpedrinha)

Era uma vez...
Podia entitular este post de ...Uma volta à Pinto Infante..., ou... Alpedrinha como pano de fundo...,ou...o túnel superior de Alpedrinha...ou...o gajo anda maluco!!!...
Sei lá, o facto é que me deu na gana, e como há alguns tempos não dava uma destas na modalidade mochila às costas e vamos andar de bike o dia todo, assim aconteceu nesta 2ª Feira.
A saída efectuei - a pelo lado 28 da Lardosa, entenda - se Sul na direcção mais rápida à Soalheira. Depois, entre trilhos e bredas cheguei a Castelo Novo, e de seguida na conquista de novos trilhos, alguns já feitos há tempos na companhia de alguns amigos.Com passagem na parte superior da Sintra da Beira, a linda vila de Alpedrinha. A face oculta lá estava debaixo do monte. Até parecia mal passar e não tomar um cafézito. É sempre agradável fazer uma incursão por esta terra onde se realiza uma feira bem simples mas que atrai multidões"a feira do chocalho".
Nova incursão Gardunha acima. Como é possível nesta altura do ano haver já tanta beleza com toda a serra colorida e verdejante, e que normalmente, só lá para a Primavera é possível ver!
Sempre ladeando, e ladeando subi mais um pouquinho por singles muito bonitos até atingir as antenas, as mais baixas, porque as mais altas bem me chamavam, mas fiz -me de mouco e não ouvi(vai lá vai, fica para outro dia).
Aproximava - se a outra face. Esta, a da Gardunha onde se vislumbrava a imponente Serra da Estrela, e o seu maciço central. Que bem que lhe fica aquele mantinho branco de neve. Lindo.O derreter do gelo. Um fenómeno sempre bonito de observar.
Se do lado sul havia sol, do lado Norte gelo no caminho; Contraste diria eu.
Neste lado do monte, existem por aqui paisagens onde a Natureza nos abraça numa envolvência soberba...
O culminar da serra. Casa do Guarda de Alcongosta.
Descer, descer... e pela 1ª vez, porque fui teimoso não querendo ladear a encosta, numa descida tive mesmo que a fazer à mão, em virtude da inclinação.
Depois, bem depois veio o rolar, relembrar velhos trilhos e singles de passeios da Lardosa, alguns outros não e para riqueza do meu Baú, tudo novo até Póvoa da Atalaia. Espectáculo. Mais um...
Por vezes, e ao olhar para trás, observar por onde andei, hoje caso disso, quase não acredito ter percorrido toda a distância e lugares por onde circulei!!!
Exausto mas com grande alegria, pois desde as 09H45 da manhã na bike, e eram 15H30 quando dei à costa na Lardosa pelo lado 46 Norte.
Hoje dei uma à antiga, coisa que já não acontecia há alguns tempos, mas esta fica bem no baú, pois além de muitos trilhos e singles novos, consegui andar e muito na serra da Gardunha.
Foi para mim uma das melhores voltas dadas a solo.
Vejam o filme:
video
...a simplicidade é um tesouro infinito,
se não podes ter o que queres,
contenta - te com o que tens...
Disse.

Excepcionalmente, tirei as mãos dos travões, a subir claro, o que deu em muita poupança de pastilhas....
Domingo se não chover, há estrada.
Pinto, o Infante

Sem comentários: