segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Pelos subúrbios da Santa Águeda

Dia 7 de Dezembro, e os ultimos cartuchos de 2008 estão por aí. Pois é, mais um Natal se aproxima, e com ele mais um ano para deitar para tráz das costas. O tempo tem destas coisas, mas com vontade e saúde vamos levando a vida com os prazeres que nos acompanham. Por exemplo, um deles é de há uns anos para cá, dedicar o pouco tempo disponível para mim para disfrutar da Natureza quer sózinho, quer na companhia doutros amigos destas andanças; O puro prazer da bike.
Dia 7 peguei nela e fui apalpar umas ligações que ainda me faltam aqui para os lados da Marateca/Póvoa e Tinalhas. Sim, estas ligações vão mesmo fazer parte do último passeio deste ano por mim organizado. No ano passado chamei-lhe" No explendor da Marateca"; 15 dias depois "A invasão dos Alentejanos"; e este ano o que lhe vou chamar???
Certo, que no ano passado convidei 40 amigos, onde compareceram ao meu convite 34 e para o almoço no amigo"Victor" 12 bravos conversaram, e encheram a barriguinha com uma sopa soberba(e o resto também) ,onde só mesmo a confraternização de fim de ano interesssa. Vamos ver se somos capazes de repetir. Sim repetir, porque quem conhece a Santa Águeda(Marateca) como eu, se não chover até dia 28 de Dezembro, Ela está como nunca a vi para a prática desta maluqueira.
Curiosidades!!!
Posto isto foi seguir em direcção às Tinalhas, de donde virão participar 3 bravos companheiros. Estes trilhos, alguns comuns aos do ano passado, darão ligação à serra, monte do Visconde, e Rainha Santa Isabel, padroeira de Tinalhas.
Como a hora já era tardia para compromissos, decidi regressar de Tinalhas por alfalto.
Passando pela Marateca claro está, encontrei por alí alguns caçadores, onde a presença do amigo Simão se destacou, pois a sua "canzoada", malabaristas por sinal saltaram a vedação, como que de umas escadas se tratasse; Bem treinados pelo dono diría eu...
Depois de falar por breves instantes com este amigo, tempo de regresso à Lardosa, mas sem antes prever o que me ia acontecer a seguir;

Qual o meu espanto, que assim que viro a burra para a estrada, ólho para a frente, e vejo qualquer coisa estranha a atravessar a estrada da Marateca em direcção à Lardosa. Surpreendido, acelerei com todas as minhas forças e, meus Senhores.....
Isto que se segue não é, mas parece uma filmagem ao vivo da "Vida Selvagem" .
Fui bafejado pela sorte de ver, e acompanhar bem de perto 4 javalis, que tranquilamente passeavam no seu habitat natural, e foram incomodados pelos cães destes caçadores... Uma loucura; Para mim, ao mesmo tempo que os acompanhava, só pensava; E se o gajo se vira para mim???!!! Nem sabia se havia de tirar fotos, filmar ou mesmo fujir. Arrisquei e consegui algo de inédito na minha vida.
Observem bem este pequeno filme, onde os outros 3 se vêm só fundo...
video
Lindo...
Bem, quando acabei de filmar, até tremia; De alegria, medo ou sei lá do quê!! Consegui!!!
Que belo terminar de volta domingueira.
Tira as mãos do travão...
Boas Festas a todos...
Pinto Infante

1 comentário:

Dürkopp disse...

Parece que o sprint do javali foi melher. Que imagem interessante.

Gertz