quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Pasteleiras da Lardosa, memorável dia 5 de outubro 2013

...os dias passam...
...os  anos, esses vamos olhando para eles a passar...
...amigos veem...
...Eventos realizo e passam...
...As memórias...ai as memórias!!!
...Estas vão ficando no cantinho que cada lhes quer dar e guardar...quanto a mim, acreditem ou não, dá me arrepios pensar nas recordações que vou ter e ver daqui a 20 anos (se cá estiver) a beleza destas gentes que comigo fazem deste evento algo mágico pelas bandas da Lardosa...
a confraria das pasteleiras...
Tamanha beleza mais uma vez invadiu a Lardosa, em que as voltas do Pinto Infante, há bem pouco tempo  tinha 28 bicicletas, e 2013 trouxe, xiii tantos/as!!!!
"Pazadas" de pasteleiras. Paletes. Camionetes...
Lindo, lindo, lindo...
Vou deixar os rescaldos para quem participou, mas o que me vai na alma tenho que manifestar neste meu espaço.
Se nos outros anos as preocupações foram enormes para que o trato fosse ao nível que VOCÊS merecem, este ano particularmente mexeu muito comigo!!!
E se não cabem no comboio?!
E se o comboio não vem?!
E se alguém fica em terra?!
Não me levem a mal, mas se não falei com alguém amigo/a, as minhas desculpas, pois já vi pessoas em fotos que não me lembro de as ver lá!!!
Não tenho palavras para descrever o que se passou depois do briefing.
Deu-me a sensação que já tínhamos feito isto muitas  vezes...
O carregamento das bicicletas para cima da carrinha, para cima do camião, a maneira ordeira e correctíssima com que a malta carregou e colaborou na entrada para o comboio; a entre-ajuda, a colaboração...enfim...tudo correu melhor do que tinha em expetativas.
Tudo isto, por muito que me esforce, não sou capaz de fazer sozinho. Um grupo magnífico que mais uma vez participou, sentiu e absorveu a colaboração por mim solicitada.
MUITO BEM HAJA A TODOS/AS VOCÊS.
Castelo Branco recebeu-nos com pouca gente. Esperava mais malta na rua, mas a beleza das gentes que participaram nesta passeio foram suficientes para a cidade de Castelo Branco ser recordado por quem viu os tempos em que estas e outras bicicletas circulavam por aqui.
Um episódio de registo nesta cidade; além da monumental magia que encheu a av.ª Nuno Alvares, a saída das Docas coincidiu com a passagem de um casamento. Frente à Sé catedral de Castelo Branco, convidados à espera da noiva, começa a passar o NOSSO cortejo:
Gritei:
- Viva a noiva, viva a noiva...(coitada!!!)
Os trim trim ecoava pela Sé..
Todos os convidados "desviaram" o olhar da noiva, observando a nossa passagem.
Viva!!!
Prova de queijos.
A arte de quem muito sabe.
Uma das duas queijarias do amigo de longa data e de família, o Zé do cabeço de carvão,  repletas de histórias de vida. Gente boa, simpática.Cada peça destas queijarias representa para estas humildes gentes da lavoura, algo pertencente à sua vida.
Para visualizarem as fotos cedidas por participantes, carrega em cima de cada uma.
Fotos de Tomás Pires:
Reparem no casal da foto, canto inferior esquerdo; os emigrantes com mala de cartão abandonam o País!!!lindo..
Galeria de fotos cedidas por Afonso:
Alcains, minha terra Natal. Vou tentar todos os anos lá passar.
A hora tardia de passagem levou a que muitas famílias já na hora de almoço perdessem o cortejo. Mas a minha Mãe lá estava para ver passar em frente da minha casa(casa esta que já acolheu uma das únicas casas de venda destas relíquias). Sempre um momento alto para mim.
Chegava o largo de St.º António, espaço este mítico em Alcains.
Fotos oferecidas pelo Jorge Lagarto(um novato na coisa):
Havia lançado o mote:
Tragam algo para fazermos um pic nic.
Monumental.
Aquele espaço repleto de gentes a fazer história a recordar daqui a uns anos.
Repito. Lindo.
Toda a malta partilhou, confraternizou...
Uma foto com mil palavras: Pinto Infante
Uma das minhas fotos preferidas das centenas recebidas.
A expressão dos incluídos na foto.
O menino que há em nós...
Aquele pic nic
Os cunhados. Fotos do Luis Franco:
Fotos Cristóvão Campos
Eis os vencedores.
António Oliveira, representante dos HOMENS;
Conceição Peixe, representante das MULHERES;
Tinha dito que a parte final seria dura, e em terreno pesado. Não tenho alternativas a estes 5 kms finais. Mesmo assim, a sardinha assada estava à nossa espera.
Em contato com o serviço de restaurante, pela 15H15 a sala encheu-se dando lugar a mais uma tarde alegre e bem divertida neste memorável dia 5 de outubro.
BEM HAJA, porque sem VOCÊS isto não seria nada.
Termino o meu rescaldo, com ENORMES palavras a quem me apoiou:
Câmara Municipal de Castelo Branco:
Junta de Freguesia de Castelo Branco:
Policia de Segurança Publica:
Guarda Nacional Republicana:
Barata e Irmãos de Alcains:
Junta de Freguesia de Alcains:
Junta de Freguesia da Lardosa:
Zé do Cabeço do Carvão:
Ourivesaria Tiara:
Qui Tó:
Duarte:
Manel Bolero;
Amigos confrades das pasteleiras:
 As voltas do Pinto Infante, estão a preparar 2014...
sem travões...a subir...
Aquele de sempre...
Pinto, o Infante

15 comentários:

paula simoes disse...

As voltas que a vida dá!
As fotos estão lindas e vão ficar na historia das voltas do Pinto e não só.Ficam de certo nos corações de quem participa nesta e noutras iniciativas proporcionadas por ti. Todos temos de te agradecer pela coragem que tens em não desistir pois são estas e outras iniciativas que nos unem. Muito brigado por me receberem de braços abertos!!! Beijinhosss

Pinto Infante disse...

Olá Paula.
fiz o que pude, agradeço a quem disponibilizou todas as fotos, que em minha opinião estão brutais.
Este ano a coisa foi dura para mim, mas só assim se consegue dar o devido valor.
Agradeço e admiro a V/presença.
Quanto a mim, cá estou já a preparar 2014.
Será que atingimos o limite máximo da sala!?
Bjs e até já...
Pinto Infante
bem haja pelo comentário

Anónimo disse...

Pois é verdade Paula...
É realmente um dia memorável!! E ninguém melhor do que eu sabe o esforço que ele faz para que A MAGIA aconteça. E, na verdade, é um dia realmente mágico; pelo qual anseio durante todo o ano. Eu costumo dizer que é o dia mais feliz do ano e que quem vem uma vez, volta sempre. Mas para que ISTO aconteça é preciso abdicar de, por exemplo falar de outra coisa em casa, durante pelo menos 2 meses, sem ser de pasteleiras. Este ano abriu-se uma exceção... também se falava de comboio. uuff
Já passou e correu muito bem... foi maravilhoso. Parabéns Marido!!! E claro, conta sempre comigo!! E com os filhos que também adoram.
A, sempre, Outra Metade.

Jorge Lagarto disse...

Grande Pinto!

Dou por mim a pensar... em vez de descobrir estes teus magnificos passeios em 2013, devia de os ter descoberto à muitos mais anos! Tinha mais memórias para recordar.

Mas conto andar por cá muitos e longos anos e de certeza que vamos ter muitos mais dias como este: sem palavras! Foi simplesmente perfeito!

Obrigado pela paciência que tens em organizar isto que certamente deve dar muito trabalho.

Até para o ano ;-)

Abraço
Jorge

Pinto Infante disse...

Uma falha minha gravíssima nos agradecimentos.
a outra metade!!!
parte sempre presente e que me atura toda esta parvoeira...
Sem a estrutura que tenho na retaguarda, tenho a certeza que as coisas se tornavam mais dificeis de organizar...
bjs, e já agora;
do que é que vamos falar para o ano?!
Pinto Infante

Pinto Infante disse...

Jorge. o todo o meu trabalho é recompensado nas VOSSAS opiniões e comentários.
Tenho a sorte ou previlégio de ter comigo um lote vasto de amigos que participa nas organizações com a minha assinatura, e que felizmente levam para casa alegria de um dia bem passado e quanto a mim quando a família nos acompanha, mais sabor tem ainda eu é que agradeço a VOSSA presença.
o último do ano, vai ser a próxima aventura...
bem haja pelo comentário.
Pinto Infante

Luis Franco disse...

Pinto, dizes no título do teu comentário neste blogue "o memorável 5 de Outubro" este dia, além de ser o dia da Implantação da República Portuguesa, poderá ser por todos os que têm participado nos passeios das Pasteleiras, considerado o dia da Implantação das Pasteleiras na Lardosa. Como Lardosense fico orgulhoso pela participação desta gente magnífica, bem disposta e colaboradora, sim, porque se estavas preocupado se as pasteleiras entravam todas no combóio e a horas, esta rapaziada portou-se à altura (ensaiado não saíria melhor) pois nota-se que toda a gente põe empenho neste Passeio para que o mesmo corra bem.
Bem haja a todos, para o ano cá estaremos com a mesma boa disposição.
Pinto, não pudeste falar com todos, mas de certeza que não estão chateados, era ver estampada nos rostos a alegria e satisfação de todos os participantes, é esse o reconhecimento de todos nós do teu empenho na realização deste evento e que te vai motivar para os próximos.
Abraço, AMIGO.

FMicaelo disse...

Amigo Pinto mais uma ano!!... mais uma doideira chamada Pasteleiras. Desde a primeira e quando o Verão começa a acabar, o pensamento é só um... Voltar à Lardosa para aquele convivio que se quer intemporal e para sempre! Grande iniciativa, grande equipa, grande Pinto. Para o ano, lá estaremos!!! Grande abraço e continua!

Pinto Infante disse...

boas Micaelo
parece-me que ainda não faltas te a nenhum desde 2008!!!
uma presença sempre agradável, que considero já fazeres parte da organização
eu grande não. VOCÊS sim, são grandes. o que seria eu com as minhas ideias, objetivos etc se não tivesse comigo este lote de confrades?!
grande abraço, tu que mais uma vez estives te presente sábado e domingo, para me acompanhares nestes 2 dias.
bem haja pelo comentário.
Pinto Infante

Pinto Infante disse...

boas Luis Franco
uma sugestão muito bem apanhada.
dia da implantação da pasteleiras.
magnífico
estou plenamente de acordo contigo quando dizes que "ensaido não corria melhor"
a malta foi de uma entre ajuda magnífica. magia, beleza, e alegria foram adjetivos que não faltaram neste dia 5 de outubro.
qualquer dia montamos uma associação de pasteleiras..eh eh
grande abraço para Peniche
Pinto Infante

FMicaelo disse...

O seu, a seu dono. Hoje se há pasteleiras, foi muito pela tua carolice e saber receber amigos nessa tua aldeia de adopção. Portanto GRANDE!!
Quanto a participações tenho estado em todas tal como o João V. desde a primeira edição da feira feijão Frade em começou com BTT e nos anos seguintes as pasteleiras. O pedestre so falhei o primeiro ano da feira em que choveu a potes impossibilitando a realização do passeio e que passastes para outro dia que já nao consegui ir. Como a fadista diz, "até que a voz me doa", perdão, "até que as pernas me doam", lá estarei na Lardosa! P.S. gostei dessa dos confrades! Uma confraria em projeto???? Alinho!

www.landsdsever.blogspot.com disse...

Pinto
Antes demais foi um gosto conhecer pessoalmente.
Muitos parabéns.
Foi tão "mau" que para o ano que vem estamos aí outra vez
;-)
Abraço da malta de Sever do Vouga
RenaTTo

Pinto Infante disse...

Boas Renato
Uma presença muito agradável de Sever do Vouga.
Dia 5 nem agradeci o prenda que me ofereceram. Bem haja.
quanto a 2014, cá VOS espero com novos rumos e itinerários desta vez sem comboio.
um grande abraço
Pinto Infante

Renato disse...

Antes disso ainda conto com a vossa presença por terras de Sever.
Abraço
RenaTTo

Pinto Infante disse...

Claro Renato
agradeço é que me envies a data com antecedência
Pinto Infante