terça-feira, 7 de maio de 2013

...na senda dos lagartos, e baú enriquecido...

Elaborar a III edição da "rota dos lagartos" versão 2013 tem sido para mim, a organização que mais luta me tem dado, em virtude deste ano introduzir alguns kms em trilhos particulares, e acreditem ou não, da parte de alguns donos tenho recebido algumas negas/tampas/reticências, à nossa passagem.
Tudo compreendo...
Quando penso que está tudo ao melhor nivel, neste momento tenho uma pedra no sapato por causa de 70 metros numa horta.

A dona que cola com este terreno não ofereceu qualquer problema, sendo de extrema humildade em deixar a malta passar nos seus pertences, mas o outro!!!!
Depois deste dia 6 de maio aproximar-me dele, e após longa conversa, o homem confessou que tem receio dos transeuntes que por ali passam(amigos do alheio), e com isso, o receio!!!
Outro dos entraves dos donos, teem sido as fitas que vão ficando nas suas àrvores de fruto(motivo dos subsídios), e passeios de motos..
Este ano a coisa não tem sido fácil!!!

Por mais que lhe tentasse explicar, a nega continuou....
Em consequência disso, leva-me a alterar este circuito de 60/70 metros num single que se calhar ficamos a ganhar, mas era alí...
Vamos sair da Lardosa com os seguintes dados oficiais:
60 Kms;
1173,29 metros de acumulado;
Abastecimento sólido aos 28 kms;
Das três edições dos lagartos em GPS, sem dúvida é o passeio mais duro de roer;
Paredes 2(uma de 28metros, e a outra de 145metros);
Fontes para abastecerem de água - 5;
Aldeias históricas - 2;
Terras a passar - 7;
Cancelas iguais às da II edição - 5;
Ou seja:
PÁRA/DESAMONTA-TE/ABRE/PASSA/FECHA/AMONTA-TE:
Agradecido pela colaboração.

Adianto que nesta edição da "rota dos lagartos", vamos percorrer e circular em locais e trilhos, onde as minhas rodas nunca, e repito nunca tinham circulado.
Assim sendo, o baú ficou mais rico.
A juntar a isto, a Natureza tem contribuido para colorir esta volta dos lagartos, da maneira que só VOCÊS o poderão testemunhar e desmentir.

Deixo mais um pequeno filme que ilustra na 1ª parte um trilho virgem, e na 2ª parte um dos trilhos a partir do km 40, que considero parte rápida do trilho, com uma riqueza paisagistica muito bonita, onde é possivel ver e absorver o espirito dos menos jovens que tratam a lavoura.
Como vem sendo hábito, tento defender e honrar a Beira Baixa, introduzindo o trilho por dentro de todo o património possivel de visitar, em cima da bicicleta.
Verdadeiros postais que vão encontrar, que em minha opinião são duma beleza ímpar..
Orientem-se
Quelhas, singles, estradões, património...
Km 38. A penúltima fonte, pode observar-se algo insólito...
Esta, ninguém a rouba!!!
Divirtam-se...
Km 20, não sou o dono, mas gostava...
Vão existir algumas placas de sinalização nestes terrenos, onde VOS peço a colaboração.
As cancelas e portadas fechadas, são para abrir, e depois fechar.
Apesar de autorização, o prometido é devido..


É mais ou menos com este mote que vamos arrancar para mais uma edição da "rota dos lagartos" orientação por GPS.
Orientem-se até à Lardosa, a moldura humana está muito bem composta(GRAÇAS A VOCÊS), 5ª feira dia 16 de maio encerro as inscrições, ou antes caso se tenha atingido o limite de 80 inscritos.
...tirem as mão do travão, apareçam porque vai valer a pena....
Aquele de sempre...
Pinto, o Infante

6 comentários:

CLI disse...

Caraças!!! Vou ter que meter "un bocata de Nocilla" na camel-back para subir essas paredes!!! Será que da para levar uma corda para ser rebocado???
Parece que nunca mais chega o 19...

Pinto Infante disse...

é verdade Carlos.
este ano sou um pouco maldoso com as subidas(coisa de estranhar em mim!!!), mas aposto, que ao chegarem ao topo, e atravessares a estrada, vais ficar deslumbrado com a paz existente na paisagem.
tem lá paci~encia, e se quiseres fala com Micaelo que ele leva a corda...
abraço e que venha de lá o dia 19 de maio...
Pinto Infante

Jorge Lagarto disse...

Ora bem, coragem não me falta (nem nunca faltou), mas estes 1.100 de AC vão-me dar luta...não importa, porque com estas paisagens e com a boa companhia que sei que vai haver, isto faz-se num instantinho :-)

Aproveito desde já para agradecer o trabalho e dedicação na organização deste passeio... Deve ser uma tarefa de ENORME trabalho, mas que de certeza que vai valer a pena!

Espero ansiosamente pelo dia 19... Abraço.

Pinto Infante disse...

Boas Jorge.
quanto ao 1.100 de acumulado, vais ver que vão valer a pena, porque a paisagem e património por onde vamos circular é enorme. adianto no entanto que depois do km 28 as coisas são mesmo para tirar as mãos do travão, deixares te levar pela amplitude mágica que a Gardunha possui.
Quanto a tarefa do trabalho de o organizar, prende-se com uma coisa que apelido do meu baú. vai enchendo durante um ano, para depois partilhar "as voltas do Pinto Infante"
nunca mais chega o 19 de maio...
abraço e vai treinando.
Pinto Infante

FMicaelo disse...

Oh amigo Pinto... tava a pensar levar a amante sem mudanças! Serão assim umas paredes tão mazinhas que não as consiga subir?... diz me lá...

Pelo que vi vamos encher o "papinho" de bons trilhos.... venham eles!

Pinto Infante disse...

boas Micaelo
duro de roer como és penso que és capaz, mas com algum esforço.
mas aconselho te a traseres com mudanças, pois a partir do km 34, como costumo dizer é de talega , carreto pequeno até à Lardosa(quase)...
aí, não tens pernas para a velocidade da batedeira...
cá te espero
Pinto Infante