sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

...dois 2 anos, a registar momentos...

Era uma vez um gajo que em tempos, andava na bicicleta que lhe era possível ter. Brincar com a sua bicicleta era uma alegria na companhia de amigos de bairro e não só. Pedrada, bicicletas, arcos de varetas de guarda-chuvas velhos, fungas ou fisgas, escondidas, cowboys entre outras brincadeiras, as nossas favoritas.
Tudo passa com a idade. Lá vai um, outro, outro e mais outro ano que passa, e entretanto tudo vai pertencendo ao passado. Arrumam-se as fisgas e o resto para dar lugar à vida que nos abraça, mas que teimosamente por vezes só damos razão sei lá a quem, em certos momentos da nossa vida.
A vida é bela, nós é que por vezes não nos apercebemos o partido que poderíamos lucrar com ela...
Quem é o gajo?!

Sarzedas 2004. O meu 1º passeio(organização Luís Lourenço). Será que estou velho!!!???

Blá blá blá....
Uns anos mais tarde...
Lá para os lados de Portalegre, na companhia duns amigalhaços e colegas de profissão esbarrou em mim o tal bichinho da infância que estava adormecido e que nem eu acreditava que isto desse o que deu.
Prova rainha de Portugal. O prazer de estar presente no meio desta multidão...
..."Bicicletas tão caras?! Nã, vocês são malucos"...
Pois é....
Blá blá blá...
Com o vício já nas entrenhas e entrafolhos, dediquei-me à coisa do BTT na companhia de amigos Alentejanos, e também por cá na companhia do Manuel Beato que desfrutava de belas paisagens aqui na Beira e me pôs à breda, para me juntar à malta de Alcains. Alguns da tal infância, outros novatos no assunto tal como eu. Certo é que toda a malta que andava nisto, tem lá o bichinho adormecido ou não.

Ainda me lembro da rapaziada, e que de certa forma tenho saudades.
O Manel Beato, os Carlos, o Pio, o Gonçalves e o Carreiro, os Raposos Tó e Zé, o Luís, o Adriano, o Rafael, e mais alguns, mas poucos nesta altura, que me lembre...
Era tão só o puro prazer tal e qual é hoje de dar umas belas voltas de bicicleta, e confraternizar com malta apaixonada por esta maluqueira.
Além dos Domingos nos juntarmos para a voltinha, ainda acrescentávamos a isto uns belos passeios de convívio e confraternização, aqui pela zona onde não me lembro de termos falhado a
nenhum(ou quase) naquela altura.
Bolacha baunilha, algures por aí...

Fundão, Covilhã, Aldeia Nova do Cabo, Castelo Branco, enfim muitos...
Dias e mais dias e o simples prazer começou a intensificar - se na aposta de novas máquinas, esquecendo por vezes a essência da coisa. Apareceram novos desafios em busca sei lá eu de quê...
O descobrir de novas aventuras, veio transtornar um pouco as voltas que depressa deram lugar a passeios seriamente organizados, maratonas, raids e travessias.
Uma das minhas maiores aventuras, foi a ida à Nossa Sra de Fátima na companhia do meu amigo Zé Luís. Promessa cumprida. Hei de lá voltar mais vezes se Deus me der Saúde.
No entrelaçado destas coisas organizadas, vai - se arranjando tempo para grandes momentos de confraternizar com algo de novo.
Convidado para Associações, convidado para organizar eventos, era coisa que vinha revolucionar um pouco a minha maneira de me envolver neste mundo da bike.
Aceitar ou renunciar?!
A Liberdade falou mais alto. Uma questão de honra.
Tempos que não voltam; da esquerda para a direita:
Luís, Raposo(de Portalegre), Raposo(de Alcains), Matroca, Raposo(C.Branco), Carlos, Adriano, Castelo, Pinto e Pio. Isto em tempos numa confraternização que arranjei em Portalegre. Trajecto Portalegre/Castelo de Vide com subida pela calçada Romana de Marvão.
Puro e simples prazer de ajudar quem precisa, mas por vezes há valores mais altos que se têm que defender...Honra diria eu...
Chegavam as Primaveras e com elas a quantidade de passeios organizados eram tantos, que tinham que se escolher os melhores. Mas, porra, tenho tanta rapaziada conhecida em todo o lado...e agora?!

Organização de passeios de BTT pelo Clube da Lardosa, Pedestres pela Junta...enfim.
Belos convívios.
Pasteleiras, último do ano; Enfim, convívios onde em cima da bicicleta se consiga conciliar o
útil ao agradável.
Como é bom o sentimento de contributo em prol de dedicação à coisa, mas livre como um passarinho do mato. Fazer o que se quer, falar com quem quero, e organizar o que me apetece.
Pasteleiras?!
Que bela ideia. Através do meu amigo João Valente pesquisei uma rapaziada lá para os lados de Leiria, que este ano não posso perder o evento deles, e vi a paixão que a malta dedica a estas montadas que fizeram parte da minha e de muita gente na infância em que, para muitos serviu de ganha pão.
Dia 28 de Junho de 2008, vinha a experiência.Convocar uns amigalhaços e, vamos mostrá-las. Pegou de estaca.
...tira as mãos do travão...
Belos momentos passei em Portalegre na companhia dos meus colegas que além de me despertarem o bichinho eram também excelentes colegas de profissão.
Tanto tirei as mãos do travão, que belo dia, lá para os lados de Portalegre, Infante, agarra-te bem.
Foi mesmo, nova sensação de LIBERDADE. Acreditem, vale a pena...
O olhar atento e humilde de quem vê, e recebe tontos como nós, que por vezes só nos dias de passeios recebem a visita doutras gentes, que para nós não passa de mais um passeio, mas para esta gente é qualquer coisa de anormal...
O que é que se passou aqui?!Esta foi registada lá para os lados das Tibornas..
Com a certeza fiquei que, com esta parvoeira inclusive na imprensa local, e também no jornal"expresso" consegui agitar o mercado de peças destas princesas que nas lojas o destino já estava traçado.
Iiihhh??!!
Conhecem-se novas gentes com outros modos de vida, mas que partilham do mesmo fim. O prazer.
Aqui, se alguma vez na minha vida sonhava sequer subir à Torre de bicicleta?!
O certo é que já o posso dizer.
Já lá fui catano!
Fui, e muito bem acompanhado. Bem haja BTTHall, e companhia.(espero estar lá este ano outra vez, mas com a de estrada).
Esta foi a ultima confraternização de 2009. Posso desde já acrescentar que 2010 a última do ano, se lá chegar, vai ser a 26 de Dezembro.
Um bem haja especial aos meus amigos que consultam este cantinho, ou que comigo partilham de certa forma esta parvoeira.
Tentei expor nesta comemoração dos 2 anos de aniversário do meu cantinho, algumas das melhores fotos e momentos que marcaram este meu baú. A propor um dia destes a quem me apoia nas minhas originais iniciativas uma exposição das melhores fotos e momentos registados pela minha caneta....
No post deste aniversário, vi-me obrigado a fazer um grande trabalho de pesquisa, mas mesmo assim tenho pena de não conseguir mostrar aqui muito mais fotos cá do baú.
Não podia deixar de agradecer ao Srº Presidente da Junta de Freguesia de Alcains pelo convite que me endereçou, para realizar um encontro de Pasteleiras cá à minha maneira, desta vez na minha terra Natal, mas valores mais altos se levantam, e, apesar dos convites, achei por bem não o organizar...
O meu bem haja. Senti-o como um reconhecimento.
Pinto, sem travões, o Infante
Parabéns blog; "as voltas do Pinto Infante"
"cada um tem de mim exactamente o que cativou,
e cada um, é responsável pelo que cativou,
não suporto falsidade e mentira,
a verdade pode machucar,
mas é sempre mais digna"...
(Charles Spencer Chaplin)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

...solidariedade...

Luto nacional de três dias em memória dos mortos, pela força da Natureza no arquipélago da Madeira.
Complicado esta situação....O Rui Leitão está bem que já falei com ele, mas segundo ele e pelas imagens televisivas aquilo esteve mesmo feio....
sem comentários...
Pinto, o Infante

sábado, 20 de fevereiro de 2010

...mais um desafio para o meu baú...

Pois é, desta vez vai.
A convite de alguns amigos do serviço vou mesmo participar nesta maratona pela 1ª vez. Vamos ver o que isto dá!!!As voltas do Pinto Infante e Arrasatrilhos, presentes
Pinto Infante

domingo, 14 de fevereiro de 2010

...O azeite coalhou em Proença...

Este passeio/confraternização tem a particularidade de durante todo o percurso, a malta vai vendo sempre gente conhecida, outros nem por isso, mas o certo é que vamos sempre acompanhados de rapaziada do pedal.
No ano passado tive o prazer de circular pelos soberbos trilhos que esta zona nos oferece na companhia do Fidalgo, este ano repetiu - se, mas com Fidalgo(Pai e filho) e na companhia também do Nuno Dias.
E não é que o Nuno me oferece esta excelente surpresa?!
Sem travões, veiculo lento. Bem haja Nuno por esta surpresa, que vai constar no meu camelback daqui para a frente.
Ao chegarmos a Proença, a normal azáfama. Anda cá se queres, levanta dorsal, olha o Manel, o Jaquim, enfim tudo bons rapazes.
Este ano, um frio que até os queixos congelavam...-1º é obra da metereologia, mas de arrepiar, nem assim tirou a vontade ao pessoal.
Exemplo disso, o João Barata com o seu ar imponente na sua montada ladeando o rio Torto. Torto e bem torto, porque quem se distraísse só parava lá em baixo.

Paisagens que caracterizam muito esta zona, indo a caravana beijar as bordas da barragem Marechal Carmona, local escolhido pela organização, para o abastecimento. E que abastecimento...e onde se passou a história que vos vou contar:
"a tomada do grelhador"
Sei que o meu amigo Fidalgo, quando lhe dá o cheiro, há comida e bebida, concerteza, mas desta vez tentando ensinar a sua cria como se faz, surpreendeu - me. Ora vejam:-"Anda cá pá que já vais ver como se faz"...
A abordagem até que não correu mal!!!HHumm o que é que há por aqui???
Passo a traduzir:
..."Bom dia, tá bom. Então que tal??!!"...- Entremeada?!
- Febra???!!!

YYYeees consegui, mas o meu filhote já não o vejo!!!???
..."Oh...como eu"...
És uma máquina. Haja saúde e apetite...
Belas bifanas acabadas de fazer, e que bem souberam...
Enfim, daqui para a frente é que foram elas...Sempre a subir até Proença a Velha, e com um piso ainda muito pesado, fruto das chuvadas...
Excelente almocito, à semelhança do ano passado com uma carne do alguidar que... uí que maravilha...
Café, e qual a surpresa?!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

Pois..
Esqueci..
Carnaval...

Sem comentários????
Ao visitármos a Feira reparo neste quadro...
Já tinha lido no blog do Quelhas que agora era este líquido a consumir, desta marca mas o conteudo!!! Até este visitante da feira estava estupfacto!!!

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

Brincadeiras claro.
Depois, e como é Carnaval era tempo de brincar um pouco e mostrar as minhas novas cangalhas, que me acompanharam todo o passeio.
Mais um dia bem passado, onde se aproveita para ver e rever companheiros do pedal, e que esta parvoeira da bike nos une, para desfrutarmos da Natureza e amizade.
Mais uma vez, ACIN vale a pena.




Sem travões e agora conduzindo veiculo lento, tudo a subir claro...
Pinto Infante

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

...descida à Maria João Pires...

Era 4ª Feira dia de desporto, lá pelos lados do serviço, alguém cheio de peitos sugeriu:
Vamos ao Ponsul visitar a herdade da Maria João Pires. Eh lá!!!!
5 os companheiros do pedal que quiseram visitar este lugar magnífico.
O Sérgio, o Tomás, o Afonso, o Infante e o Nunes, respectivamente da esquerda para a direita.
O dia estava convidativo à prática, mas descer é comigo, a subida é que ninguém esperava que desse o que deu...lufa lufa até Castelo Branco sendo que já passava das 12H00 quando regressámos.Uma boa voltinha, lá para aquelas bandas, em que a dureza da subida veio castigar a malta, mas mesmo assim não nos tirou os apetites para o almocito.

4ª Feira 10 de Fevereiro há mais e com pequeno almoço na "padaria dos Amarelos".

Depois, mais tarde chegava naturalmente o Domingo. Este Domingo 7 de Fevereiro, ainda estive tentado a ir com o pessoal de Castelo Branco(BTT Hall, Trilhos ilimitados e companhia)uma vez passarem ao lado da Marateca, e iam fazer uma incursão lá ao monte pelos lados do Ninho do Açor, mas como tinha combinado com o Zé, fui para a estrada.
Da Lardosa saí eu e o Zé, indo ao encontro do Tomás, este vindo de Tinalhas; Encontro marcado com o Nuno e mais malta para o grupo das estradistas perfazendo um total de 10 elementos.
..."Pinto hoje a volta é virar a Vila Velha de Rodão"...disse o Zé...
Eu surpreendido, disse sim ao Zé, mas havia malta com compromissos, e nem eu sabia se aguentava para estar cá até ao meio dia!
Doido(s)!!!
É que para lá impus eu o ritmo visto ser a descer e recta, chegando a Vila Velha com média de 32Kms hora.Ui... Nem a descer parava de dar aos pedais!!!
Mas, como diz o outro:
..."a seguir a uma grande descida, há sempre uma grande subida"...

Para cá é que foram elas!!!Acompanhei hoje com grandes "gazelas", o Rui, o Jorge, o Rafael entre outros, que há vinda para cá impuseram um ritmo alucinante em que só cá cheguei porque vim colado na roda deles. Cheio de sorte vir à boleia..

102 Kms muito bons, em que tive o prazer de andar a um ritmo muito forte na parte final e que serviram de um excelente treino para a "rota do azeite"

4ª Feira há mais...

Pinto Infante

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A face oculta da "Sintra" da Beira(Alpedrinha)

Era uma vez...
Podia entitular este post de ...Uma volta à Pinto Infante..., ou... Alpedrinha como pano de fundo...,ou...o túnel superior de Alpedrinha...ou...o gajo anda maluco!!!...
Sei lá, o facto é que me deu na gana, e como há alguns tempos não dava uma destas na modalidade mochila às costas e vamos andar de bike o dia todo, assim aconteceu nesta 2ª Feira.
A saída efectuei - a pelo lado 28 da Lardosa, entenda - se Sul na direcção mais rápida à Soalheira. Depois, entre trilhos e bredas cheguei a Castelo Novo, e de seguida na conquista de novos trilhos, alguns já feitos há tempos na companhia de alguns amigos.Com passagem na parte superior da Sintra da Beira, a linda vila de Alpedrinha. A face oculta lá estava debaixo do monte. Até parecia mal passar e não tomar um cafézito. É sempre agradável fazer uma incursão por esta terra onde se realiza uma feira bem simples mas que atrai multidões"a feira do chocalho".
Nova incursão Gardunha acima. Como é possível nesta altura do ano haver já tanta beleza com toda a serra colorida e verdejante, e que normalmente, só lá para a Primavera é possível ver!
Sempre ladeando, e ladeando subi mais um pouquinho por singles muito bonitos até atingir as antenas, as mais baixas, porque as mais altas bem me chamavam, mas fiz -me de mouco e não ouvi(vai lá vai, fica para outro dia).
Aproximava - se a outra face. Esta, a da Gardunha onde se vislumbrava a imponente Serra da Estrela, e o seu maciço central. Que bem que lhe fica aquele mantinho branco de neve. Lindo.O derreter do gelo. Um fenómeno sempre bonito de observar.
Se do lado sul havia sol, do lado Norte gelo no caminho; Contraste diria eu.
Neste lado do monte, existem por aqui paisagens onde a Natureza nos abraça numa envolvência soberba...
O culminar da serra. Casa do Guarda de Alcongosta.
Descer, descer... e pela 1ª vez, porque fui teimoso não querendo ladear a encosta, numa descida tive mesmo que a fazer à mão, em virtude da inclinação.
Depois, bem depois veio o rolar, relembrar velhos trilhos e singles de passeios da Lardosa, alguns outros não e para riqueza do meu Baú, tudo novo até Póvoa da Atalaia. Espectáculo. Mais um...
Por vezes, e ao olhar para trás, observar por onde andei, hoje caso disso, quase não acredito ter percorrido toda a distância e lugares por onde circulei!!!
Exausto mas com grande alegria, pois desde as 09H45 da manhã na bike, e eram 15H30 quando dei à costa na Lardosa pelo lado 46 Norte.
Hoje dei uma à antiga, coisa que já não acontecia há alguns tempos, mas esta fica bem no baú, pois além de muitos trilhos e singles novos, consegui andar e muito na serra da Gardunha.
Foi para mim uma das melhores voltas dadas a solo.
Vejam o filme:
video
...a simplicidade é um tesouro infinito,
se não podes ter o que queres,
contenta - te com o que tens...
Disse.

Excepcionalmente, tirei as mãos dos travões, a subir claro, o que deu em muita poupança de pastilhas....
Domingo se não chover, há estrada.
Pinto, o Infante