domingo, 30 de agosto de 2009

Regra de 3 simples

Na altura das férias escolares(as chamadas férias grandes), para ganhar algum dinheirinho, para as minhas lides de divertimento arranjávamos por aqui ou acolá quem nos desse trabalho nas obras. Na altura a massa de betão era feita à proporção 3/1; Ou seja 3 baldes de areia/ e 1 balde de cimento. Era uma regra empregue...
3 simples!!!???
Não, era mesmo assim; Provavelmente hoje ainda assim é!!!
Mas o que é isto que estou para aqui a disparatar!!!Regras, carros, carrinha e bicicletas!!!???
É...um carro, carrinha ou mesmo jipe, agarra-se na regra de 3 simples e calcula-se quantos litros de combustível o veículo gasta aos 100Kms: Ah e tal, gasta muito, gasta pouco...o que é certo é que cada um gasta o que pode ou não pode...
No meu caso, este Domingo 30, agarrei na bike pelas 07H30 e dirigi-me até ao alto da Marateca com encontro marcado com colegas para com eles ir até ao monte. Eh lá, monte???!!!
É verdade, perdi a cabeça, e perdendo o rasto deles até S.Fiel fui obrigado a sair dos meus brandos andamentos para os agarrar...
Foi aqui que quebrei a a minha média( a tal regra 3 simples), e qual o meu espanto que dou com o meu reservatório de água no fundo; nem reserva!!!
Aos 24 Kms já tinha consumido 2 litros de água!!!
Se fizermos a tal regra de 3 simples, aos 100 Kms vou estar a beber 8,3333L???!!!
Bem, os outros do deserto é que bebem dessa maneira;Irra!!!
Ou seja, podemos chegar à conclusão que eu estou a beber demais!!!

Eram 9 Horas certas quando saí do Louriçal, Quinta e nas termas me encontrei então com a rapaziada. Eles foram, ficando eu para trás, mas deu para ir na minha calma até ao alcatrão, local onde esperei por eles e com eles regressar.
Bredas e singles desconhecidos para alguns, para mim, são especiais, pois já perdi algum tempo até os encontrar.
10H50, calor, muito calor. Calor a mais para a minha barriguinha!
Em ritmo acelerado regressámos à Lardosa, onde bebemos uma água bem fresquinha.
Pronto, na minha Domingueira apliquei esta regra de 3 simples mas, tenho que me acautelar pois, não há vasilhame que carregue tanta água para beber!!!
Excelente preparação para o Domingo que aí vem, pois tive o prazer de ser convidado pelo Filipe e Carlos, para a confraternização betetista e familiar:Lardosa/Aranhas.
Bem hajam pela companhia ao pessoal de Tinalhas e amigos de profissão. Temos que fazer mais... Sem travões...
Pinto Infante

terça-feira, 25 de agosto de 2009

................o tempo que faz!!!......................

Sinceramente, já ansiava dar uma voltinha diurna por aí, mas com temperaturas bem mais baixas do que as que nos têm feito companhia nestes últimos dias. Com o regresso do Zé de férias, companheiro do pedal cá da Lardosa, resolvemos fazer uma incursão por trilhos previamente seleccionados no Google(modernices!!!), lá para os lados de Castelo Branco, via parque de campismo, discoteca "Republica"(pena já estar fechada, pois ainda se bebia algo), Caféde, Freixial e Tinalhas com regresso delineado pela albufeira da Marateca.
Saímos então da Lardosa por volta das 8 da manhã, com orientações a Alcains. Pelo percurso encontramos uns companheiros de Alcains; O Zé Raposo e o Moita, que também eles iam dar uma matinal para a bem conhecida Gardunha. Ainda os desafiei a juntarem-se a nós mas tinham tudo combinado para o monte...
Volta que não volta, Alcains alí, e eis que a Capela de São Domingos aparece toda catita, alvo de recentes obras por parte do seminário. Foi por aqui, outrora que na minha infância, ainda se realizava esta festa que ganhei um dos muito prémios na gincana de bicicleta; outros se lembrarão destes magníficos tempos...
Outra das minhas recordações, esta ainda bem presente por se encontrar mais perto de Alcains; Tão simpática como a outra; Capela da N/Srª de Stª Apolónia.Frente, e neste passeio percorremos muitos terrenos particulares, onde deu para banho e tudo.
Expectativa da força; Será que sou"Obelix, ou Astérix"!!!???
Pois no fim de contas, 62 Kms muito bons e o tempo fez furor com esta agradável temperatura.
Descubra as 7 diferenças:
Isto é algo que as pasteleiras estão a mexer por aí. vai te preparando...
Umas vão estando assim, outras assado e outras como Deus quiser. Mas o que digo é que a malta já anda a mexer, e eu como organizador cá vos espero para mais uma confraternização desta parvoeira.
Excelente volta, onde cancelas e particulares mais que muitos, foram o mote deste passeio. Mas vale sempre a pena quando se circula por algo diferente, mas agradável...
video
Para este Sábado, fui solicitado para fazer parte de um encontro de solidariedade: Pois, a vida tem destas coisas...(desgraças digo eu)
Localidade- Zebras;
Apoio à família Lagarto;Passeio de solidariedade
Gratuito;
lanche;
18H00, a minha parte com saída frente ao à Casa do Povo da Lardosa;
Itinerário- saída da Lardosa, Vale da Torre e Zebras com lanche incluído e tudo à descrição;
Objectivo- A pessoa em causa da solidariedade gosta muito de bicicletas.
Chegar em pelotão juntamente com malta da Atalaia, Orca, Zebras á festa das Zebras;
Até agora(27 de Agosto) inscritos 40, aparece;
O regresso a casa fica marcado para quando nos apetecer;
Quem quiser fazer parte deste curto passeio(que não passa dos 15 Kms com a bicicleta que quiseres), contacta 965007540 Pinto Infante. Apareçam...
Abraço
Pinto Infante

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Entre "Quelhas" e companhia

Com temperatura e calor digno de se lhe chamar Verão, definitivamente não consigo andar de bike de dia. Só a minha estradista me leva bem cedinho a dar umas, mas curtas voltas por aí.
Assim, e como sei que a rapaziada de Castelo Branco se tem juntado Sextas Feiras para saciar o vício do pedal, fui então ter com eles, e cerca das 20H30 lá arrancámos com o pouco luar de companhia.
Ao todo 10; Bom grupo, sob a batuta do Quelhas fomos conduzidos por trilhos onde mesmo de noite deu para me aperceber da beleza deles. Maxiais, Benquerença e sei lá onde; algures...
Em Castelo Branco, já não circulava por ali há algum tempo, de noite. Depois fomos conhecer o circuito XC, a acontecer dia 5 de Setembro.
Dentro dos eucaliptais que nos rodeavam até aos Maxiais, só mesmo quem conhece, e bem estes trilhos é que consegue por ali andar; Isto porque a noite é matreira e andar ao sabor do campo só com uma pilhazita, requer cuidados redobrados. "quelhas", bredas e pó, muito pó foi o que nos fez companhia durante este bonito passeio nocturno...
Eu que me farto de andar sozinho de dia, e sem problemas, à noite não é bem assim; só mesmo com companhia desfruto deste desporto.

Depois entrámos em Castelo Branco percorrendo as docas, dirijindo-nos para uma bela bifana, praxe desta malta, e claro que bem que soube.
Enfim, uma volta em excelente companhia, onde vou tentar fazer mais vezes.
Esta minha caneta à noite escreve um pouco mal, mas foram as fotos que consegui.
Malta obrigado pela companhia.
Pinto Infante

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

O passeio do alacrau!!!

O tempo até que nem vai como anos anteriores, mas mesmo assim o calor vai fazendo parte do nosso quotidiano. Em viturde disto, a bike modelo TT vai ficando por lá bem pendurada, fazendo umas incursões nocturnas por esses campos e trilhos da nossa Beira, dando lugar assim, à outra galopada, esta a de estrada. A minha Treck. Por exemplo Sábado passado, foi na companhia dela que fui juntamente com uns companheiros do pedal tentar ver a partida para mais uma etapa da volta a Portugal em bicicleta lá para os lados do Fundão.
É que assim, até mais ou menos as 11H00 da manhã, consegue-se fazer um bom par de Kms, não aquecendo muito o corpinho e também não esquecendo o vício do pedal.
Esta 4º feira 12 de Agosto desafiei o Zé Luís para uma nocturna, pois já sentia algumas saudades(que rica palavra!). Porquê saudades!?
É que quer se queira quer não, uns vão para o Haiti, outros Canárias, Piscinas, Allgarve ou sei lá para onde. O que é certo é que a malta chega a esta altura do ano, e juntamente com as companheiras, crias ou amigos cada um goza a seu belo prazer as férias que tanto nós esperamos ao longo dum ano.
Bem mas de regresso à nocturna; propus ao Zé palmearmos até Soalheira, Castelo Novo e porque não subir até à varanda!? Assim fizemos; Por volta das 8 da noite, já com a temperatura mais baixa, lá fomos.
Até Castelo Novo tudo normal, blá blá blá, mas, mas depois das águas do Alardo, aconteceu algo que nunca tinha visto na minha vida; Eu que até nasci mais ou menos no campo, foi pela 1ª vez que vi alacraus na Natureza e ao vivo. Dizía o Zé"Pinto tem cuidado que há aqui alacraus"!!!
Quanto mais subíamos, era vê-los a passear por alí...
Meus amigos aviso já, que quem pensar dar uma volta por aquelas bandas, tenha muito cuidado...a minha admiração/espanto/preocupação era algum vir agarrado a alguma roda e saltar-me para as pernas ou costas. É que é um bicho que pode fazer estragos...
Mas mesmo assim é de uma beleza rara...lindo...
Frente e pelas 11 da noite demos entrada na Lardosa para beber um cházinho acompanhado da bolachas. Acreditem que é verdade, chá...



Desta vez foi um post diferente, onde dei preferência ao meu dom(bom ou nem por isso), da escrita.Lanço aqui a lembradura da Feira do Feijão Frade que irá decorrer cá na Lardosa e que desta Feira constam 2 eventos desportivos; Um deles o regresso das Pasteleiras, e outro o tradicional passeio pedestre. Fiquem atentos, pois as inscrições vão estar abertas a partir de 3ª Feira dia 18 de Agosto de 2009.
Brevemente, sai o "Regulamento do Passeio das Pasteleiras", com algumas inovações do ano passado.
Comecem a olea-las...
Pinto Infante

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

...as fotos que faltaram...

Concerteza que tal e qual o prometido, a divulgação do resto das fotos no passeio que se desenrolou lá para os lados de Portalegre dia 23 de Julho.
Relembro que neste passeio entre colegas e amigos do pedal, uma das zonas que mais gostei, foi sem dúvida a subida sob a calçada medieval que nos levou até à localidade Carreiras. Toda a sua calçada se encontra numa configuração de desenhos muito bonitos.
video
Foi como disse no ultimo post antes das minhas curtas e merecidas férias no "Allgarve", um passeio muito agradável, sendo que, a 2ª parte desenrolou-se com uma temperatura muito boa para a prática desta modalidade.Férias, essas foram gozadas com saudades das minhas burras, mas com sentimento certo de não desaparecerem às metades como estas!!!Não porque no Domingo logo pela manhã e com os termómetros a acusarem umas temperaturas mais baixas, levei a minha BTTista dar uma, onde logo alí para as bandas de Alcains me pregou uma como nunca!!! Com um furo vindo do Alentejo, vazou o líquido todo e não me apercebi...chama-se furo não é aquele buraquinho!?
Até taco tive que colocar!!!
As férias grandes aproximam-se muito devagar, mas venham de lá elas.
Pinto Infante